Brasil Dairy Trends 2020

69 Brasil DairyTrends 2020 Capítulo 4 DENSIDADE NUTRICIONAL E CONVENIÊNCIA As mudanças no setor de alimentos e bebidas estão ocorrendo em uma velocidade surpreendente nos últimos anos. Com isso, o padrão de consumo de alimentos da po- pulação brasileira também está mudando. Além dos motivos já conhecidos pela ciência, existem outros fatores sociais, ambientais e individuais que têm afetado a tomada de decisão dos consumidores. De acordo com a FAO (2017), uma tripla carga de má nu- trição persiste em vários países, com grande parte da popula- ção sofrendo de subnutrição, deficiência de micronutrientes e sobrepeso/obesidade. O Brasil já deixou o quadro de desnu- trição para trás. No País, o número de subnutridos caiu sig- nificativamente nos últimos anos e hoje representa menos de 5% da população (FAO, 2015). Mas a última pesquisa “Vigi- lância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico” (Brasil, 2016) mostra que mais da metade dos brasileiros (53,8%) está acima do peso e 18,9% da população brasileira está obesa. No entanto, a mesma pes- quisa mostrou que o número de pessoas que buscam uma ali- mentação e hábitos mais saudáveis também aumentou. Isso reflete o que vem acontecendo em outras partes do mundo. Desde que a discussão entre as implicações positivas e negativas da alimentação emergiu, as atitudes e crenças com relação à saúde tornaram-se fatores importantes nas decisões de compra e consumo de alimentos. De acordo com pesqui- sa da Nielsen (2015), realizada com 30.000 consumidores em 60 países, quase metade dos entrevistados se considera fora do peso ideal e tem recorrido a dietas alimentares para melhorar sua saúde e o bem-estar. Segundo a FAO (2017), mais de 2 bilhões de pessoas são deficientes em um ou mais nutrientes, principalmente por terem uma dieta inadequada. Com isso, as informações nutricionais e relativas aos benefí- cios dos alimentos têm se tornado fatores determinantes nas escolhas alimentares. Sob esse ponto de vista, os lácteos apresentam vantagem competitiva, pois contribuem sobremaneira para a promoção da saúde humana, visto que apresentam elevada densidade nutricional. A contribuição dos produtos lácteos em nutrien- tes essenciais para a dieta inclui proteínas de alta qualida- de, cálcio, potássio, magnésio, vitamina B12, zinco, selênio, ácido fólico, riboflavina, niacina, iodo e vitamina A. Assim, suas características particulares, aliadas à versatilidade de aplicações tecnológicas, imprimem aos lácteos grande valor para que sejam alcançados os requisitos nutricionais dos in- divíduos e das populações. No estudo Brasil Dairy Trends 2020, a macrotendência de Densidade Nutricional e Conveniência pode ser desdobra- da em duas importantes tendências, que deverão continuar influenciando o mercado de produtos lácteos: o desejo de fortalecer a dieta e a busca de praticidade e de soluções nu- tricionais conforme necessidades específicas dos consumido- res (Figura 4.1). Paulo Henrique Fonseca da Silva Kennya Beatriz Siqueira Mirella Lima Binoti Renato Moreira Nunes Rodrigo Stephani

RkJQdWJsaXNoZXIy MTgxNA==